Objetivos especificos


Compreender e sistematizar a nossa tecnologia social

Criar um instrumental para as Américas em 3 línguas

Definir índices de impacto

Critérios objetivos cuando falamos em potencialidade humana (subjetiva). Os índices são construídos a partir do que ouvimos dos nossos públicos, com dados que não são só nossos. Dimensões • Indicadores • Vetores 

Missão


Descobrir potencialidades individuais e coletivas através da memória e da formação para fortalecer causas nos territórios das Américas.

Metodologia


O Eu, locatário do mundo

A revelação acontece no intercâmbio com o Outro

Histórias de Tu

Δ + Δ + Δ

Pedagogia do Eureka 

Descobrir os eurekas nas potencialidades humanas

Ação


Começo
Coletamos, escutamos, agregamos e intercâmbiamos

Meio
Resgatamos histórias de vida, de institutos, comunidades e territórios

Fim
Agimos em coletivo para melhorar a nossa qualidade de vida, o meio ambiente e o nosso bem comum

 

Objetivos gerais


Pertencimento a um tempo e um território. 

Intimidade da história que vira pública sem corromper a essência da pessoa, sem machucar ninguém. Conhecer a origem. Reconhecer o Outro pela sua própria identidade, e não pelo que ele pode me causar. 

Potencialidade de interlocução com parceiros, para revelar os conflitos legítimos e criar um espaço sem distorções.

Potência

Prepotência

Impotência

Como


Levar as histórias de vida à praça. Dar a oportunidade à alteridade, à igualdade, à justiça na conversa e nas diferenças. Quanto menos prepotência (do Eu), mais respostas positivas para as necessidades humanas básicas (os direitos). A história da cidadania se faz exercitando a cidadania.

Definição


Eureka! (grego εὕρηκα – “Encontrei!“).  Interjeição atribuída ao matemático Arquimedes de Siracusa (287–212 a.C.). Significa “encontrei” ou “descobri”, e é normalmente pronunciada por alguém que acaba de encontrar a solução para um problema difícil.