Memória e Eu (I)

 Storytelling  para se transformar
Como   escutar e contar   histórias de vida

URCA INSTITUTE convida para o 1º ciclo de cursos em 2018 — Memória e Eu (I).Uma série de 6 encontros que cobrem:• Contar a história de si
• Escuta ativa e a arte da conversa
• Diálogo e a construção de estórias
• Gravação básica em áudio
• Entrevistas mútuas

O seminário é personalizado para se adequar a sua história de vida. As pessoas que participaram no passado vieram do rádio, cinema, instituições de pesquisa, OSCs, jornalismo, fotografia, história oral, música, matemática, psicologia, pescaria, antropologia, arquitetura e urbanismo, forças armadas, web design, e eram professores da língua portuguesa, alunos de faculdade, aposentados, bibliotecários, entre outros. Nossos grupos são sempre animados e se criam comunidades de críticos construtivos e amigos.

  7, 14, 21, 28 março + 4, 11 abril    4as-feiras de 15:30 a 18:00  
   na Urca     vagas limitadas

O seminário é de 15 horas, inclui um intensivo em gravação de som e construção de histórias com convidados especiais. O valor é R$350 (R$250 para membros de instituições e associações atuando na Urca).

 CLIQUE aqui: Para se inscrever

Convidados especiais

JUAN PABLO CULASSO
Especialista em registro de aves e designer de som. Cego de nascença, Juan Pablo nos surpreende e nos ensina a enxergar 360°.

JACOB  FORMAN
Roteirista de Hollywood e docente do American Film Institute, Jacob nos conta os desafios de escrever diálogos para o cinema.

Instrutores

OCTAVIO DI LEO & ALEXANDRA JOY FORMAN trabalham com memória, histórias de vida e de comunidades, e resgatam a conversa como uma arte transformadora.

Alexandra Joy Forman é pesquisadora e escritora especializada em histórias pessoais, graduada em literatura pela Brown University e em fotografia pela Yale School of Art (EUA). É autora de Tall, Slim & Erect: Portraits of the Presidents (2012), e redigiu diversos artigos sobre a arte de escrever memórias para a Association of Personal Historians (EUA). Dentre suas traduções para o inglês estão três livros de Ana Paula Maia (2017), e Fluxo-floema, de Hilda Hilst (2018). Alexandra vive no Rio de Janeiro desde 2009, e aqui fundou o Urca Institute, instituição da qual é presidente.

Octavio di Leo é historiador oral e doutor em literatura pela Yale University (EUA). Com 15 anos de experiência como professor e diretor acadêmico, ajudou a projetar mais de 100 programas de estudo e implementou currículos em escolas e cursos dos EUA, Alemanha, Espanha, Argentina e Brasil. Dirigiu o Institute for the International Education of Students (IES Abroad) em Roma, Barcelona e no Rio de Janeiro. Dirigiu e produziu os documentários longa-metragem Stolica (2013), e os curtas Travessia (2015) e Jogo Bonito (2017). É diretor gerente do Urca Institute.

contact@urcainstitute.org